Aluguel

Alugar ou vender imóvel: qual é a alternativa mais rentável?

Silvio Iwata
8 de setembro de 2021

Publicado por: Silvio Iwata

Quem enxerga a propriedade como um investimento frequentemente tem dúvidas se o melhor é alugar ou vender imóvel. Não existe uma única resposta para todas as situações, pois tudo depende das condições, dos objetivos e do momento do investidor.

O segredo é entender as vantagens e desvantagens, reunindo bons critérios. Assim, você pode aplicar esse conhecimento para avaliar as particularidades do seu caso e fazer a melhor escolha para sua realidade.

Logo abaixo, reunimos as informações mais importantes para te ajudar com essa decisão. Continue a leitura e tire as suas dúvidas!

Quais são as vantagens de vender?

Vender imóvel tem como principal vantagem a liquidação do ativo. Você converte a propriedade em dinheiro, que pode ser alocado com diferentes objetivos. Enquanto investimento, encontramos quatro benefícios.

Realocar os recursos

Embora os imóveis possam se valorizar ao longo do tempo, o mercado financeiro oferece outras opções de investimento. Assim, ao vender o imóvel, podemos alocar o dinheiro em ativos que, no momento, ofereçam um retorno mais elevado. Logicamente, é algo que depende de entender o contexto, se vale mais a pena investir em imóveis ou em ações, fundos, títulos do tesouro etc.

Diversificar o investimento

Vender imóvel também é uma maneira de dividir o valor em diferentes ativos. Por exemplo, o investidor que conta com um imóvel de 1 milhão de reais pode receber a quantia e distribuir o recurso em vários investimentos, até mesmo em imóveis menores. Assim, os ovos deixam de estar na mesma cesta.

Realizar o lucro

Outro indicativo de que é o momento de vender é não ter perspectiva de valorização. Muitas vezes, o imóvel foi comprado em um momento de baixa, e a tendência é que o ativo não continue a aumentar de preço como em um primeiro momento. Assim, pode ser a hora de vender e realizar o lucro.

Aproveitar oportunidades de mercado

Diversas situações específicas podem indicar a venda do imóvel. Crédito facilitado pelos bancos, incentivos do governo e altas nos preços dos imóveis são exemplos.

Além disso, ao encontrar um comprador que pretende morar na propriedade, pode ser a oportunidade de transferir o bem por um valor mais próximo da avaliação. Afinal, a pessoa não está interessada em revender.

E as desvantagens de vender imóvel?

As desvantagens de vender o imóvel estão ligadas ao processo até conseguir vender e ter o dinheiro disponível. Há três pontos negativos que podem aparecer, dependendo da situação.

Esperar a conclusão da venda

O vendedor precisa manter despesas, como condomínio, IPTU e taxa de incêndio, até que a propriedade seja transferida. Por isso, vender exige planejamento financeiro para arcar com os gastos e, após concluir a operação, compensar o que foi perdido.

Perder a reserva de valor

O investimento em imóvel é uma das estratégias para se proteger da inflação e crises econômicas. Sempre que concretizamos uma venda, abrimos mão dessa proteção, inclusive. Aliás, existe a possibilidade de mudar completamente o perfil dos investimentos, caso o dinheiro seja investido em ativos de mais risco.

Lidar com o custo de liquidez

Outro fator relevante é quanto você terá de abrir mão para concretizar a venda. Esse custo para transformar a propriedade em dinheiro é uma desvantagem de vender imóvel em comparação com o aluguel.

casa em miniatura em cima de uma calculadora, representando a rentabilidade de alugar e vender imóvel

Quais são as vantagens de alugar?

A locação do imóvel oferece uma receita mensal sem a necessidade de abrir mão da propriedade. Assim como vender imóvel, é uma operação com diversos benefícios.

Receber uma renda fixa

O aluguel traz uma renda previsível todos os meses, podendo se organizar melhor e, até mesmo, reinvestir. Além disso, o valor é reajustado para acompanhar a inflação, normalmente com base no IGP-M.

Esperar a valorização do imóvel

Outro benefício é tornar o imóvel auto sustentável, enquanto você aguarda a valorização da propriedade. As despesas e encargos podem ser transferidos para o contratante ou abatidos no preço do aluguel. Logo, você pode esperar um momento mais favorável para vender imóvel, minimizando os gastos.

Evitar períodos de imóvel vazio

Em geral, existem mais pessoas com renda para arcar com valores de aluguel do que para comprar um imóvel. Por isso, alugar reduz o tempo em que a propriedade ficará vazia, em que você teria de arcar com as despesas por conta própria.

Quais são as desvantagens de alugar?

O aluguel traz desvantagens ligadas a cumprir deveres junto ao locatário e não ter o dinheiro da propriedade disponível. Confira.

Perder oportunidades de negócio

Ao manter o imóvel, deixamos de aproveitar oportunidades de negócio, especialmente para comprar ativos em baixa e com potencial de valorização. Afinal, a maior parte dos recursos fica imobilizado.

Ver o desgaste natural da propriedade

O uso da propriedade gera o desgaste natural, aumentando a frequência das obras para reforma e manutenção para manter imóvel sempre novo. Por isso, essas despesas devem ser consideradas ao alugar a propriedade.

Respeitar os direitos do inquilino

O inquilino tem uma série de direitos, como respeito ao prazo do contrato de aluguel e preferência na compra, e o proprietário deve respeitar a lei ainda que ela possa ser desfavorável em diversos momentos.

Afinal, é melhor alugar ou vender o meu imóvel?

O aluguel do imóvel consiste em transferir o uso para outra pessoa, recebendo uma quantia mensal em troca. Por sua vez, a venda é a transferência da propriedade, em que esperamos receber a quantia total, diretamente do interessado ou por meio de um financiamento imobiliário.

Pelas vantagens e desvantagens de cada, percebemos que o ponto central é saber quais são os seus objetivos e aproveitar as oportunidades de mercado. Você deseja uma renda fixa? Quer realizar lucro? Pretende reinvestir o valor?

Em ambas as operações, você terá mais sucesso se anunciar o imóvel em parceria com uma corretora de referência na região. Ao optar por uma imobiliária renomada e bem conceituada, haverá mais interessados em comprar ou locar a propriedade, reduzindo despesas e levando a ofertas mais vantajosas.

Além disso, a imobiliária contribui com conhecimento e experiência sobre o mercado, indicando quais são os preços justos para realizar as operações. Sem contar que deixar o imóvel em boas mãos é fundamental para não ter dores de cabeça.

Ao decidir entre alugar ou vender imóvel, lembre-se da importância de contar com especialistas para acelerar e dar segurança ao processo. Com isso, você será orientado da maneira mais adequada e colherá os benefícios de tomar a melhor decisão para sua realidade.

Gostou do conteúdo? Para entender o mercado de imóveis a fundo e encontrar boas oportunidades de investimento, siga Silvio Iwata no Facebook e Instagram!

Posts Relacionados

Dicas de vendas: saiba como ter sucesso na venda do seu imóvel

Silvio Iwata
11 de maio de 2022
leia agora

Direitos do locador: conheça quais são os principais

Silvio Iwata
22 de abril de 2022
leia agora
icone para o facebook icone para o facebook

MATRIZ:

Rua Néo Alves Martins , 2851
Zona 01 - CEP 87013-060
Maringá - PR

CONTATO:

(44) 4009-8981
imobiliaria@silvioiwata.com.br

Insira o seu melhor e-mail e receba conteúdo exclusivo:


    Marca Ingage