Mercado imobiliário

Mercado imobiliário 2023: quais são as tendências na era digital?

Silvio Iwata
16 de outubro de 2023

Publicado por: Silvio Iwata

O mercado imobiliário 2023 é um ambiente mais digital e favorável aos investimentos. Até julho, por exemplo, o setor registrou 9,8% de aumento no volume de vendas e 12,2% no valor dos imóveis

Um diferencial é a combinação do atendimento humano com soluções de tecnologia. Hoje, o consumidor pode se informar para fazer um investimento consciente. Ao mesmo tempo, com tarefas repetitivas cada vez mais automatizadas, os profissionais conseguem direcionar o foco para a qualidade dos serviços.

Logo abaixo, explicamos a tecnologia que compõem esse novo contexto. Confira tudo sobre o mercado de imóveis 2023 e fique preparado para investir no setor!

A Revolução Digital no Mercado Imobiliário

A digitalização afetou diferentes áreas, e o mercado imobiliário 2023 reflete essa tendência. Desde a construção, passando pelos lançamentos imobiliários, o setor implementou diversas melhorias em produtos e serviços.

Modelagem 3D

A tecnologia de modelagem 3D permite que os compradores vejam como será o produto final ainda em fase de projeto. O avanço da tecnologia permite a criação de representações cada vez mais fiéis, possibilitando uma avaliação mais adequada do produto e facilitando o processo de vendas.

Chatbots

Outra revolução na automatização e atendimento são os chatbots. O consumidor pode esclarecer dúvidas e obter informações com mais agilidade. Isso torna o atendimento rápido para as questões mais simples, permitindo que os colaboradores atuem apenas quando a intervenção humana é necessária.

Plataformas digitais

O mercado imobiliário hoje apresenta uma grande sinergia com os ambientes digitais. É comum que o processo de compra ou aluguel comece online, usando a facilidade de obter informações e comparar produtos. Dessa forma, as plataformas digitais se destacam nas negociações.

Omnichannel 

A tecnologia também potencializou os canais. Os serviços não são mais vistos como isolados, mas sim como uma experiência única de atendimento. Com isso, o cliente pode receber diferentes tipos de abordagem, e a empresa consegue gerenciar vários canais integradamente.

Digitalização dos contratos imobiliários

Os contratos imobiliários agora podem ser assinados digitalmente, simplificando a vida das pessoas. Além disso, paulatinamente, os cartórios que fazem registro e escritura aderem ao mundo digital, tornando o processo menos burocrático.

Experiências imersivas com as realidades virtual e aumentada

A mescla entre mundo físico e digital é outra mudança do mercado imobiliário de hoje. A realidade virtual permite que a pessoa seja transportada para novos ambientes, com óculos, fones, controles e sensores que modificam as informações enviadas para os sentidos. É possível, por exemplo, "andar" pela casa pronta antes mesmo da construção.

Outra mescla é a realidade aumentada. Nesse caso, os objetivos digitais são sobrepostos no ambiente físico. Assim, com a lente do celular, podemos ver um cômodo vazio mobiliado ou a mudança na pintura de uma parede.

Casas inteligentes

Os imóveis modernos ganham cada vez mais recursos de tecnologia da informação. Fechaduras com biometria ou reconhecimento facial, automação residencial e sensores de luminosidade e temperatura são exemplos.

Tendências e Desafios do Mercado Imobiliário 2023

O mercado imobiliário vivencia um bom momento econômico. As vendas no segundo trimestre de 2023 cresceram 15,9% em relação a 2022. Outro indicador importante é o número de entregas de projetos. Esse dado, que influencia a confiança dos consumidores, aumentou 24% em relação ao ano anterior. ¹

A resiliência do mercado diante de desafios econômicos

O mercado de imóveis mantém sua força mesmo em um cenário de taxas de juros elevadas. Em geral, os juros aumentam o custo de oportunidade: quanto a pessoa poderia ganhar em outro ativo, como na renda fixa. Igualmente, esses encargos criam desafios para os financiamentos imobiliários.

Ainda assim, o setor de imóveis é resiliente. O saldo de empregos com carteira assinada está em 194.471 vagas na construção civil e 3.266 nas imobiliárias, até julho de 2023.¹

Esse número de contratações acima das demissões releva a disposição dos empreendedores a tomar riscos. Afinal, as pessoas expandem suas atividades com mais trabalhadores quando projetam retorno do investimento.

Crescimento dos lançamentos imobiliários

Um setor com ótimas perspectivas é aquele relacionado aos lançamentos imobiliários. A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC), por exemplo, projeta um crescimento de 9,2% do valor dos novos empreendimentos no segundo trimestre de 2023.¹

Hoje, os empreendimentos procuram oferecer facilitadores e comodidades para vida das pessoas, como um grande atrativo para o investimento.

Além disso, o convívio com a natureza e atividades ao ar livre são bastante valorizadas. Projetos como Grevílea Park e Recanto do Ingá são exemplos desse novo conceito de apartamento moderno.

Rapaz lendo sobre mercado imobiliário 2023

A ascensão do mercado imobiliário de luxo e sua relevância

Uma das tendências do mercado imobiliário 2023 é a procura por diferenciais. Hoje, o segmento de alto e médio padrão já representa 30% das unidades comercializadas, com um crescimento de 81% em relação ao ano anterior.²

Projetos imobiliários como o Vivá Home Resort  e o Atto Sette Club House revolucionam o setor. Este tipo de lançamento mistura hotéis e clubes com a facilidade e segurança dos condomínios. Como consequência, cria experiências únicas de bem-estar e qualidade de vida para os moradores.

Minha Casa Minha Vida e sua influência no crescimento do mercado

O Minha Casa Minha Vida vem impulsionando os lançamentos imobiliários. No segundo trimestre de 2023, houve avanços de 33,1% na quantidade de unidades lançadas e 103,3% no valor dos imóveis. Ao todo, 22.707 unidades foram inseridas no mercado por meio dos programas governamentais.¹

Na Silvio Iwata, por exemplo, diversas casas e apartamentos se enquadram nos critérios de financiamento por programas governamentais. Hoje, dependendo da faixa de renda, o limite Minha Casa Minha Vida chega a 350 mil reais. Por isso, é uma alternativa para diversas pessoas buscarem a casa própria.

A Coexistência da Tecnologia e Humanização

O mercado imobiliário 2023 é mais digital e automatizado. Porém, isso não significa a exclusão das pessoas do processo.

Com consumidores cada vez mais bem-informados sobre os produtos, o atendimento precisa oferecer diferenciais e ser altamente qualificado. É fundamental ter um toque humano no processo de compra e venda de imóveis.

Na Silvio Iwata, construímos um excelente ambiente de trabalho para atrair talentos e contar com competências e experiências no atendimento. Nos últimos 5 anos consecutivos, recebemos o selo GPTW, que é concedido pela consultoria Global Great Place To Work após um rigoroso processo de avaliação da gestão de pessoas.

Além disso, priorizamos a expertise e o atendimento personalizado, os profissionais envolvidos, como os corretores e a equipe jurídica, são cruciais. São eles que equilibram a digitalização com a interação humana para garantir transações bem-sucedidas.

O Futuro do Mercado Imobiliário na Era Digital

A tendência é a tecnologia continuar promovendo avanços no setor de imóveis. Hoje, as inovações contribuem não só para o desenvolvimento, mas para a sustentabilidade nos projetos. Placas solares, reaproveitamento de água das chuvas, materiais com baixo carbono e aproveitamento da luz natural estão cada vez mais presentes nos projetos.

Outra tendência é o uso mais intenso da inteligência artificial. Por simular raciocínios, aprendizado e decisões humanas, essa tecnologia pode ampliar a automação, criando casas, condomínios e até cidades inteligentes.

Também é um momento de novos modelos de negócio. O mercado de aluguel por temporada e casas de assinatura, por exemplo, pode oferecer ótimos retornos, especialmente nas casas de veraneio.

Nesse contexto, a humanização no processo continua vital mesmo com avanços tecnológicos. A tendência é que, com o tempo, as competências comportamentais, como comunicação, empatia, iniciativa e criatividade, sejam ainda mais valorizadas, à medida que o trabalho repetitivo pode ser automatizado.

O mercado imobiliário 2023 é um ambiente de harmonia entre pessoas e tecnologia. Como resultado, o setor consegue usar a inovação para ser resiliente diante dos desafios e oferecer um excelente retorno para os investidores.

Para conhecer um pouco mais sobre os modelos de negócios da Era Digital, complemente a leitura com o artigo sobre multipropriedade e conheça um novo jeito de investir em imóveis!

Referências:

1. Abrainc, “Indicadores Abrainc-Fipe: agosto/2023”, Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias, setembro de 2023.

2. Forbes Money, “Imóveis de médio e alto padrão representam 30% das vendas totais de moradias”, Forbes Brasil, 28 de janeiro de 2023

Posts Relacionados

Checklist para compradores de imóveis: o que avaliar antes de fechar um negócio

Silvio Iwata
21 de fevereiro de 2024
leia agora

Como escolher o melhor financiamento imobiliário para realizar o sonho de ter o seu imóvel

Silvio Iwata
16 de fevereiro de 2024
leia agora

MATRIZ:

Rua Néo Alves Martins , 2851
Zona 01 - CEP 87013-060
Maringá - PR

CONTATO:

(44) 4009-8981
imobiliaria@silvioiwata.com.br

Insira o seu melhor e-mail e receba conteúdo exclusivo:


    Logotipo Potencializou